Descubra como saber se você sofre de stress

10/09/2019

Hoje em dia é mais que habitual dizer "estou estressado". Mas você sabe o que é este transtorno e como identificar se necessita de ajuda profissional? Veja nossas dicas. 

Muito se fala sobre o stress, sobre o fato de afetar cada vez mais pessoas, até mesmo por um ritmo de vida característico da nossa sociedade. O que muita gente desconhece é a dificuldade da maioria das pessoas em admitir os sintomas deste problema, que podem ser físicos, comportamentais e emocionais.

Neste artigo trazemos as principais informações sobre o stress e como identificar os sinais do agravamento do problema. Confira para saber se você sofre de stress e veja como buscar ajuda para enfrentá-lo.

Quando começa o stress?

Os sinais do stress começam a se manifestar na rotina da pessoa, em situações do trabalho, do dia a dia com a família. Em linhas gerais, o que antes era simples começa a ficar complicado e a ser um motivo de ansiedade.

Quadros de irritabilidade e indecisão, baixo rendimento na escola ou trabalho, insatisfação constante, problemas para dormir, falta de concentração e falhas de memória, são apenas alguns dos sinais que podem indicar um problema com os níveis de stress.

Segundo especialistas, apesar de o stress ser útil em determinadas situações, já que tem a capacidade de preparar o corpo para desafios, acima dos limites normais só causa prejuízos à pessoa, que fica excessivamente nervosa e incapaz de se adaptar a situações e acontecimentos.

Quais os principais sintomas do stress?

Ao não dar a devida importância aos sinais do stress, a pessoa abre espaço para que eles progridam e se consolidem como sintomas físicos, cognitivos-comportamentais e emocionais. Confira os principais:

  • físicos: má digestão, ganho ou perda de peso, cansaço, diarreia ou prisão de ventre, dores de cabeça, enjoos, dores musculares, baixa resistência, herpes, gripes, etc.
  • comportamentais: preocupação constante, tendência a adiar tarefas, dificuldade de cumprir suas responsabilidades, pensamento ansioso, etc.
  • emocionais: tristeza, choro constante, depressão, irritabilidade, etc.

Como lidar com o stress?

Se você se reconheceu em alguns dos sinais e sintomas mencionados, pode apostar em práticas como relaxamento e exercício físico como forma de aliviar a tensão do dia a dia. Também é muito importante o convívio social, ou seja, compartilhar sua experiência com pessoas capazes de entender o seu quadro ou que inclusive passam pelo mesmo problema que você.

Mas lembre-se: é fundamental contar com o suporte de um psicólogo especializado em stress, para que seja possível traçar o grau do problema e determinar as terapias mais eficazes na hora de superá-lo.